INFORMAÇÃO É PODER

DADOS, DICAS E RECEITAS DE VIDAS SEM GLÚTEN



quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Baguette francesa

Já tenho neste blog uma receita de baguette, eu sei. Contudo, num blog sem glúten, uma receita de pão nunca é demais. E esta baguette em particular é mesmo francesa. Uns dos primeiros blogs sem glúten que encontrei após o diagnóstico do meu filho mais velho foi o blog da Perrine, francesa, o On Mange Sans Gluten. Deixou de estar activo há quase um ano, não sei porquê, mas continua aberto para quem quiser aproveitar as deliciosas receitas que a Perrine foi criando. A receita de baguette dela ficou-me sempre na memória, mas só há pouco tempo é que me decidi a comprar uma forma de baguette para a experimentar. Outra característica da Perrine é que ela usa quase sempre a farinha da Schar, o que, para quem não quer ou não consegue encontrar farinhas exóticas e alternativas, é uma grande vantagem.

Esta baguette não é excepção. Deixo a receita traduzida para quem quiser experimentar, mas não deixem de clicar no link, ela fez o passo a passo fotográfico, o que ajuda bastante na concretização da receita.

Ingredientes:
350 ml água a 38ºC
8 gramas de fermento seco activo
2 colheres de sopa de azeite
350 gramas de farinha Schar
1 colher de chá de sal fino
1 colher de açúcar

Misture a farinha com o sal e o açúcar e reserve. Dissolva, entretanto, o fermento na água morna. Junte as duas colheres de azeite e mexa bem.

Coloque a farinha na água e, com a ajuda de uma batedeira, bata a mistura até dissolver todos os grumos. Cubra o recipiente e deixe levedar durante 30 minutos.

Enfarinhe a superfície de trabalho e coloque aí a massa levedada (enfarinhe também as mãos, a massa colará um pouco). Com a ajuda de uma faca molhada, divida a massa em quatro e dê a essas porções a forma de cilindro. Se tiver uma forma de baguette coloque aí os pães, senão use um tabuleiro normal de ir ao forno. Cubra com um pano húmido e deixe a levedar mais 30 minutos.

Terminada esta segunda levedação, ligue o forno a 250ºC. Faça uma mistura com uma colher de sopa e azeite e uma colher de sopa de água e pincele as baguettes uniformemente. Leve ao forno durante 25 minutos até terem uma cor dourada. Nessa altura, retire e deixe arrefecer numa rede de arrefecimento.



1ª tentativa, receita original

















1ª tentativa, receita original




















A 2ª tentativa, com 360 gramas de farinha e 330 ml de água




















8 comentários:

Susana Fernandes disse...

Que bom aspeto Claúdia parece pão de água Espanhol vou experimentar..

Lucente disse...

Susana, se puderes, experimenta também o pão integral, é muito fiel ao original - também não tem lactose ;-)

Silvia Kawaguti disse...

Adorei esta receita, vou tentar fazer, apesar de não ter a farinha Schar por aqui! Vamos ver se consigo a mesma textura!

Silvia Kawaguti disse...

Lucente, fiz as baguetes e ficaram uma delícia!!!Obrigada por ter compartilhado esta receita tão deliciosa!

Lucente disse...

Obrigada, o mérito é da Perrine :-) eu só passei a informação.
Já vi as suas baguettes, têm um óptimo aspecto!

Gisela disse...

Olá,
Vim aqui parar através da Susana Fernandes e vou decerto experimentar esta receita. Fui ver o blog com a receita original e na verdade ele não foi encerrado. A autora colocou este ano 2 posts, explicando que se tem dedicado a outros afazeres e que entretanto se mudou para a zona que faz fronteira com Espanha, mostrando os produtos que encontra facilmente no país de nuestros hermanos, nomeadamente no Mercadona :)) Colocou recentemente uma receita de cookies de bana que me parece muuuito apetitosa :)))
Obrigada pelo link e pela sugestão.

Islander disse...

Obrigado pela receita!
Eu e a esposa pela primeira vez nos aventurámos a fazer pão em casa e as expectativas eram de algumas tentativas até atingir um resultado aceitável. Foi com muita surpresa e agrado que na 1º tentativa conseguimos um pão que é uma delícia. Bom aspecto, fofo, amarelo e delicioso. Até tirei umas fotos para registar o momento e ela que não é celíaca provou e adorou.

Lucente disse...

Obrigada pelas visitas e comentários. Realmente é uma receita que é fácil e dá bons resultados, ainda bem que a informação foi útil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...